quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

GESSO, SAIBA TUDO SOBRE O ASSUNTO!!!

O GESSO


O gesso é conhecido a mais de 9000 anos .


O gesso é uma substância, normalmente vendida na forma de um pó branco, produzida a partir do mineral gipsita (também denominada gesso), composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado. Quando a gipsita é esmagada e calcinada>, ela perde água, formando o gesso.
É produzido através de um processo de esmagamento e calcinação do "gypsum" (rocha sedimentaria), transformado em pó branco que misturado com agua endurece rapidamente.
Existem muitas variedades de gesso, cada uma adaptada a uma função de determinado trabalho:
ceramista, fundidor, decorador, dentista, etc.
Seca em pouco tempo, adquirindo sua forma definitiva em 8 a 12 minutos, é usado também para fundir molduras, na modelagem e fixação de placas para forro.
O gesso não é só bonito e barato, mas peças confeccionadas com este material apresentam bom isolamento térmico e acústico, além de manter equilibrada a umidade do ar em áreas fechadas , devido à sua facilidade em absorver água.
O critério para utilização de um tipo de gesso é dependente de seu uso e, como conseqüência, das propriedades físicas que esta aplicação em particular irá exigir. A nós interessa mais o gesso comum ( stucco) encontrado nas lojas de material de construção.

COMO ENDURECER O GESSO
No estágio 1 a mistura inicial do sulfato de cálcio hemidratado e àgua .
No estágio 2 a reação com a àgua começa, e o precipitado de sulfato de cálcio dehidratado forma os núcleos de cristalização.
No estágio 3 podemos observar o início do crescimento de cristais a partir dos núcleos.
No estágio 4 os cristais de sulfato de cálcio dehidratado já estão bem crescidos. Para o crescimento dos cristais de sulfato de cálcio dehidratado, a mistura consome àgua. O crescimento dos cristais e absorção d'àgua tornam a mistura viscosa.
No estágio 5 os cristais já se tocam e podemos dizer que aqui é o momento de pega inicial. Na prática é aqui que a mistura perde o brilho superficial devida a absorção d'àgua na formação do dehidratado.
No estágio 6 todos cristais estam entrelaçados formando um corpo sólido

COMO INSTALAR O FORRO DE GESSO

FERRAMENTAS: Quando a intenção for melhorar o isolamento acústico de lajes, o forro deverá ser preferencialmente contínuo, isto é, com rejuntamento entre as placas, já se o objetivo foratenuar a acústica dos ruídos aéreos gerados no próprio ambiente, as juntas deverão ser aparentes e as placas ranhuradas ou perfuradas.
Os equipamentos básicos utilizados na aplicação de gesso (ou peças prontas de gesso) são:
- nível - fita métrica
- estilete com lâminas descartáveis
- serrote- furadeira
- martelo de carpinteiro
- serra de recorte
- lima
- espátula de pintor
- desempenadeira.

Os componentes para montagem de forros com placas de gesso são:
 
 

1. placas de gesso:


A superfície da placa que fica exposta pode ser lisa, ranhurada, decorada (motivos em alto ou baixo relevo) ou com perfurações, tendo as bordas retas ou com detalhes. As superfícies aparentes podem ser fornecidas com acabamento (filme de polietileno, pintura, etc.), podendo-se ainda aplicar reforços nos bordos das placas (perfis de alumínio, PVC, etc.).
O tamanho e formato das placas de gesso devem ser determinados em função das dimensões dos ambientes, o ideal é evitar o recorte de placas.
Ao definir a modulação de placas de fechamento, deve-se considerar:
- a localização e dimensões de luminárias, dispositivos das instalações de ar condicionado,etc.;
- o comprimento e a largura das placas são variáveis;
- a espessura das placas é em função do comprimento.

2. estrutura de sustentação:


Trama de componentes estruturais que dá sustentação aos componentes de fechamento. Aparente ou embutido em ranhuras presentes nos bordos das placas de gesso, o sistema de sustentação (estrutura e/ou pendurais) deverá ser projetado prevendo uma sobrecarga de 50kg/m2, além do peso próprio dos componentes.
Estruturas de sustentação são, normalmente, constituídas por perfis principais e secundários ou travessas, inter-travadas por presilhas ou dispositivos de união que evitam deslocamentos e rotações das peças.
Na fixação dos forros (estruturas metálicas ou de madeira), recomenda-se que as peças tenham rigidez suficiente para inibir a formação de flecha superior a 1/500 do vão, sob ação de carga concentrada de 100 kgf (aplicada em qualquer ponto da estrutura).

3. pendurais :


É o componente que sustenta diretamente as placas de gesso ou os perfis de estruturação do forro (estrutura de sustentação). São elementos em aço ou liga de alumínio, que podem ser de haste lisa, tira de chapa, arame e/ou de suas composições, permitindo deste modo, regulagem para nivelamento.
Devem receber tratamento anticorrosivo antes da colocação (galvanização, eletrozincagem, fosfatização ou cromatização). 
Os fios de aço devem ter diâmetro mínimo de 2,7 mm. Em casos especiais podem ser utilizados fios com diâmetro de 2 mm ou mesmo dois fios entrelaçados, com diâmetro de 1 mm cada.

4. perfis metálicos:


Os perfis metálicos são geralmente em "T" invertido, formando uma grelha modulada, sustentada pelos pendurais.
Podem ser de aço, alumínio, ou de ligas de alumínio.
Os perfis ou chapas galvanizados devem receber um acabamento, pelo menos na face exposta, aplicado a seco, em ambientes com condições controladas. Poderão ser empregadas pinturas eletrostáticas ou convencionais.
Os elementos utilizados em ambientes agressivos (locais úmidos, ou ambientes externos) devem ainda receber na face não aparente uma proteção adequada ao ambiente. A proteção dos metais deve garantir a manutenção do aspecto inicial durante a sua vida útil.

A INSTALAÇÃO

A instalação de um forro de placas de gesso comum começa com a inserção no teto de pinos de aço colocados a cada 60 cm no máximo (tamanho normal da placa), colocados com um revólver especial.
Um arame de aço ou cobre passa por um furo existente no pino e é preso na placa em um furo feito na própria obra, torcendo-o bem para amarrar a peça. Uma massa feita de pó de gesso, água e estopa é colocada junto à parede para reforçar a fixação. A moldura é fixada do mesmo jeito.
As placas, com encaixes macho-e-fêmea nas laterais, recebem a mesma massa para acabamento nos rejuntes, após a retirada dos restos de fios com alicate. 
Já as chapas de gesso acartonado (cujas dimensões são maiores, normalmente de 0,60 x 1,20m) são colocadas sob perfis metálicos que são fixados à parede e no teto com tirantes. Um tipo de elevador aproxima as chapas da estrutura metálica, onde são fixadas, com parafusoauto-atarrachante, a cada 30 cm, no máximo. Também se parafusa a 1 cm da borda.
O processo começa junto à parede para que as chapas não se comprimam na parafusagem final. 
O acabamento é feito com massa de rejunte e fita de papel, usada para prevenir fissuras.
Uma nova camada de massa finaliza o trabalho (única etapa em que se utiliza água, para fazer amassa).
Na instalação do forro suspenso deverão ser observados todos os detalhes previstos no projeto, locando-se previamente os pontos de fixação dos pendurais, as posições de luminárias, as eventuais juntas de movimentação etc.
Os serviços só deverão ser iniciados depois de concluídos e testados eventuais sistemas de impermeabilização, as instalações elétricas, hidráulicas, de ar-condicionado etc. Deverão também estar concluídos os revestimentos de paredes (curados e secos), as caixilharias (inclusive com a instalação dos vidros) e quaisquer outros elementos que possam ter interferência com o forro de gesso.
Nos forros em que for empregada pasta preparada na obra (rejuntamento de placas, assentamento de molduras ou cimalhas, etc.), qualquer superfície metálica passível de entrar em contato como gesso (caixilhos, metais sanitários, etc) deverá ser previamente protegida, mesmo que tais componentes sejam anodizados, cromados, etc.

Teto de Gesso

Quando estamos planejando fazer uma obra a primeira coisa que pensamos é o acabamento como vai ser feito, o que vamos usar, as cores, os movéis, a decoração em fim são muitos os detalhes a serem escolhidos e decididos, mas existe um detalhe que faz toda a diferença na obra deixando o ambiente lindo, aconchegante e chique, esse detalhe é o gesso no teto. Existem varias empresas especializadas na colocação de gesso, mas é preciso fazer uma pesquisa de mercado para comparar os preços e serviços. A colocação do gesso deve ser bem feita para não correr o risco de cair e procurar uma empresa de preferência que de o Maximo de anos de garantia, pois algumas dão até dez anos de garantia do seu serviço.

Dicas para evitar que você seja enganado:

1.      Nas casas próximas da praia exija que seja colocado arame anti ferrugem no gesso;
2.      Exija sempre 90% de acabamento do gesso, os outros 10% ficam para o pintor;
3.      Exija que seu gesseiro bata o nível de mangueira antes de fazer o forro;
4.      Não aceite que coloquem placas de gesso úmidas ou empenadas, para que o acabamento seja perfeito;
5.      A amarração e o prumo devem estar 100% exatos para fazer a parede de bloco;
6.      E o mais importante é nunca pagar mais do que cinqüenta por cento do serviço antes dele estar pronto.
Seguindo essas dicas você vai ter uma colocação de gesso no mais alto padrão de acabamento e beleza.
Como deve ser medido o gesso?

O gesso deve ser medido conforme o modelo e as exigências do cliente, veja aqui como deve ser feito:
·      Forro de Gesso: por metro quadrado
·        Molduras, Sancas, Barrados, Negativos: por metro linear
·        Bandejas para Decoração de Meia Placa: por metro linear
·        Desenhos Decorativos de Canto: por unidade
Depois de saber os preços e quantos metros foram aplicados de gesso e o acabamento fica fácil calcular o preço do gesso que vai sair à obra depois de pronta. Para poder ter uma idéia de como fica a aplicação de gesso no teto veja a baixo algumas fotos:

teto de gesso 4 300x300 Teto de Gesso Fotos

 teto de gesso 2 300x225 Teto de Gesso Fotos

 teto de gesso 3 300x201 Teto de Gesso Fotos


Opte por colocar o gesso conforme a sua preferência para que a casa fique do seu jeito com a sua cara. Muitas pessoas entregam todo o serviço nas mãos de decoradores e arquitetos e só vão ver a obra depois de pronta, é uma opção, mas com certeza não vai ter aquele toque especial que só você pode dar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário